Animais soltos nas ruas em Colombo

Na semana passada, quando estava a caminho da Câmara Municipal, me deparei com esta imagem lamentável.

São muitos cães abandonados nesta região, inclusive dentro do terminal de ônibus e em seus arredores. Mas o pior, é que sabemos que o problema do abandono ou da guarda irresponsável de animais afeta o município inteiro.


Visando resolver este problema, o Mandato Popular Participativo Vereador Anderson Prego tomou diversas iniciativas, a fim de contribuir para que Colombo pudesse intervir e solucionar a questão.

Vejam nossas propostas:

 

Indicação 710/14, – Estudos para formação de parceria com a Universidade Federal do Paraná – UFPR, para execução no município de Colombo, do projeto controle de zoonoses e educação em guarda responsável em Curitiba e região metropolitana, idealizado pelo curso de medicina veterinária desta mesma universidade

Indicação 451/14 – Estudos para execução de um censo populacional de animais no município de Colombo.

Indicação 443/14 – Estudos para criação do conselho municipal de defesa dos direitos dos animais no município de Colombo.

Convidado por nosso mandato, no dia 25 de maio de 2014, o professor Antônio Waldir, coordenador do curso de Medicina Veterinária, esteve presente em uma reunião com a coordenação da Vigilância Sanitária de Colombo, secretários do Meio Ambiente, da Saúde e do Planejamento, na qual o professor pode explicar como deve ser o trabalho, como a Universidade pode ajudar, bem como dos recursos necessários.

Na ocasião, Waldir explicou que na primeira fase, ou seja, na execução do censo populacional de animais, o custo para a prefeitura era mínimo, uma vez que a Universidade tinha condições de trazer estudantes para a coleta de dados e necessitava apenas, do custeio com alimentação. Por fim, as secretarias presentes nesta reunião entenderam como importante e, acima de tudo, executável o projeto em Colombo. Nos foi informado anda naquela reunião, que o convênio seria firmado em cerca de 90 dias, mas infelizmente, nada aconteceu.

 

 

18/05/2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *