Boletim Mensal – Junho de 2016

[vc_section][vc_row][vc_column][vc_column_text]

Anderson Prego faz reivindicações pela melhoria do esporte colombense

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_single_image image=”1523″ img_size=”full”][vc_single_image image=”1524″ img_size=”full”][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]Neste mês de junho, o vereador Anderson Prego protocolou o projeto de lei que dispõe sobre a criação do Conselho Municipal de Esporte e Lazer e Fundo Municipal de Esporte e Lazer.
A criação de um Conselho Municipal de Esporte e Lazer é de fundamental importância para que a troca de experiências, efetivação da transparência e controle social das contas públicas e ainda, o incentivo ao desenvolvimento de políticas públicas na área do esporte e lazer.
Podemos tomar como exemplo uma importante deliberação do Conselho Municipal de Esportes de Curitiba, que propôs a implantação de um Centro de Referência em Atividade Física e Movimento e vem colhendo os frutos já há algum tempo. Na capital, o centro tem como finalidade subsidiar os profissionais da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer com estratégias e opções voltadas ao desenvolvimento de atividades físicas, esportivas e de lazer; desenvolver campanhas educativas para criação de hábitos saudáveis e estabelecer parcerias com instituições públicas e privadas.
“Nossa luta é constante. Já fizemos várias sugestões e apresentamos muitas ideias para que a atual gestão pudesse melhorar o cenário de esporte e lazer em Colombo, como é o caso de nossas indicações 141/16, que solicita a implementação de um Fórum Permanente de Esporte e Lazer e a 142/16, que solicita a elaboração do Plano Municipal participativo de Esportes e Lazer”, lembra o vereador.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][/vc_column][/vc_row][/vc_section][vc_section][vc_row][vc_column][vc_column_text]

Anderson Prego participa de reunião sobre o transporte público.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_single_image image=”1525″ img_size=”full”][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]O vereador Anderson Prego participou, n dia 24/06 de uma reunião realizada na COMEC com moradores que utilizam o terminal de Roça Grande. Na pauta estavam as reivindicações de melhorias e a integração do terminal Roça Grande com o Santa Cândida. Foram feitos alguns encaminhamentos como: Mais ônibus na Santa Tereza já na semana seguinte, circular em 30m e realização de uma pesquisa marcada para terça feira dia 28/06, a partir das 5:30 até as 8:00 nos ônibus Roça Grande/Guadalupe. A Associação de Moradores do Jardim Osasco vem fazendo uma grande mobilização em favor do transporte integrado e redução da tarifa. Está marcada para o dia 23/07, a 7ª marcha pela integração. O evento terá início às 16h , em frente ao terminal Roça Grande[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][/vc_column][/vc_row][/vc_section][vc_section][vc_row][vc_column][vc_column_text]

Inauguração da Casa da Mulher Brasileira

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_single_image image=”1526″ img_size=”full”][vc_single_image image=”1527″ img_size=”full”][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]No dia 15 de junho, o Vereador Anderson Prego participou da entrega da Casa da Mulher Brasileira, no bairro Cabral em Curitiba. O projeto é uma antiga reivindicação dos movimentos feministas e das organizações de mulheres. Idealizado no governo da Presidenta Dilma Rousseff, trata-se de uma grande conquista para o atendimento de mulheres em situação de violência, já que o centro conta com praticamente todos os atendimentos necessários para casos de violência contra a Mulher.
A Casa oferece, em um único espaço, serviços como delegacia, juizado, defensoria, promotoria, equipes psicossocial e de orientação para emprego e renda, além de brinquedoteca e área de convivência.
Ao lado do atendimento no acolhimento, as mulheres vítimas de violência podem ficar acomodadas na Casa, enquanto aguardam decisões judiciais e encaminhamentos. Nesse caso, funciona como Casa de Passagem para a mulher e seus filhos, até que a Justiça determine um local definitivo de moradia para eles.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_single_image image=”1528″ img_size=”full”][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_single_image image=”1529″ img_size=”full”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][/vc_column][/vc_row][/vc_section]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *