Devido a suspensão das aulas, estudantes da Rede Municipal de Ensino, que estão em vulnerabilidade social podem ficar sem uma das principais refeições, afirma o vereador Anderson Prego. Outro ponto importante é que também os agricultores da agricultura familiar que fornece a merenda, não terão mais esta demanda.

O vereador afirmou que é preciso garantir a segurança alimentar da população que mais necessita. “estamos passando por um período incomum e sabemos que muitos dos nossos munícipes não terão condição de manter a alimentação adequada dos filhos. É preciso então que o poder público esteja atento crie estratégias de atendimento adequado as nossas crianças”, encerrou.

A Indicação solicita a prefeitura municipal estudos para manter o fornecimento de merenda escolar nas unidades de ensino durante as suspensões das aulas. Acompanhe as outras proposta do vereador para prevenção e combate a coronavírus (COVID-19):

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *