Estados e Municípios já podem aderir ao Programa Estação Juventude

Os estados e municípios que tenham interesse em aderir ao Programa Estação Juventude deverão enviar suas propostas e respectivos planos de trabalho, por meio do SICONV, até o dia 13 de setembro de 2013, impreterivelmente.

Os estados e municípios que tenham interesse em aderir ao Programa Estação Juventude deverão enviar suas propostas e respectivos planos de trabalho, por meio do SICONV, até o dia 13 de setembro de 2013, impreterivelmente. O Programa está inscrito no SICONV sob o número 2010120130002. Serão selecionados projetos para o ano de 2013 e 2014 para municípios no valor máximo de financiamento pela SNJ, para cada projeto, de R$ 258.000,00 (duzentos e cinqüenta e oito mil reais), para estados o valor máximo de financiamento pela SNJ será de R$ 633.000,00 (seiscentos e trinta e três mil reais).

 

O Programa Estação Juventude tem a finalidade de promover a inclusão e emancipação dos jovens, com a ampliação do acesso às políticas públicas por meio destes equipamentos públicos. O Estação Juventude oferecerá informações sobre programas e ações para os jovens, além de orientação, encaminhamento e apoio para que eles próprios tenham condição de construir as suas trajetórias e buscar as melhores formas para a sua formação.

Os espaços do programa Estação Juventude contarão com gestores capacitados para fornecer informações e desenvolver atividades que facilitem o acesso dos jovens a serviços e políticas públicas que atendam às suas necessidades.

 

O objetivo principal do programa Estação Juventude é instaurar espaços públicos de atendimento à juventude visando:

 Ampliar o acesso de jovens de 15 a 29 anos – sobretudo aqueles que vivem em áreas vulnerabilizadas – a políticas, programas e ações que assegurem seus direitos de cidadania e ampliem a sua capacidade de inclusão e participação social;

 Oferecer tecnologia social para o desenvolvimento de Políticas para Juventude – PPJs permanentes e locais para e com a juventude, por meio de ações que instauram conexões sociais e geram novos serviços;

– Criar redes para emancipação da juventude, em especial para os jovens de territórios com dificuldades de garantia de acesso aos direitos.

Abaixo, a Nota Técnica e demais anexos contendo fundamentação e detalhamento sobre o Programa.

Eventuais dúvidas poderão ser esclarecidas pelo email estacaojuventude@presidencia.gov.br .

Confira:
Fonte: Secretaria Nacional de Juventude. Disponivel em: www.juventude.gov.br. Acesso em: 12 de agosto de 2013
12/08/2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *