Secretário de Comunicação do Sindicato dos trabalhadores nos Correios do Pr utiliza a Tribuna Livre

Na sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Colombo, na última terça feira (16), o secretário de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná – SINTCOM-PR, Sr Ezequiel Dutra, utilizou a tribuna livre para falar sobre as mudanças previstas nos Correios.

Ezequiel informou que o sindicato vem fazendo diálogos na Assembléia Legislativa do Paraná, Câmara Municipal de Curitiba e também em manifestações pelas ruas com o intuito de mostrar o que realmente vem acontecendo com os Correios, que é a previsão de fechamento de agências, precarização do trabalho e cortes nos direitos dos trabalhadores.

Em sua fala, o secretário de comunicação afirma que o fechamento de agências dos Correios, acarreta em problemas sociais, haja vista que o serviço prestado à população, através do funcionamento das agências como correspondentes bancários, onde é possível realizar o pagamento de boletos e recebimento de salários, diminuiria muito.

 

Outro grave problema, é a proposta de demissão de cerca de 25 mil funcionários da instituição. Sob esta perspectiva, Colombo seria seriamente afetada, pois é uma das poucas cidades do Brasil em que existe a oferta de serviços dos Correios em área rural, e citou como exemplo a empresa privada de entregas FEDEX, que utiliza dos serviços dos Correios para fazer as entregas nestas áreas. “Por isso, é uma ilusão achar que a privatização dos Correios resolverá os problemas da prestação do serviço, uma vez que em nossa região, já foi anunciado a previsão de fechamento de 250 agências para nossa região e a abertura de mais de 1000 agências franqueadas, que são agências que não prestarão nenhum serviço social, mas sim, apenas serviços com garantia de lucro”, afirmou.

O vereador Anderson Prego se somou a luta contra a privatização dos Correios e informou que vem fazendo debate sobre a segurança dos carteiros e carteiras, acerca da prevenção à mordedura canina. Enfatizou o problema de terceirização ou privatização do trabalho dos Correios, uma vez que as empresas não terão o mesmo compromisso social que existe hoje, e quem perderá será a população.

Confira o vídeo na íntegra clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *